sobre a Goma Gringa


goma gringa  [gˈɔ̃.mɐ  gɾˈĩ.gɐ ] n.f. Selo fonográfico independente e loja de discos online baseado em São Paulo que objetiva promover a música esquecida do passado e artistas brasileiros contemporâneos.


“Perceber, entender e descrever o mundo através da música. Defender e difundir a cultura em suas mais relevantes particularidades; diversidade e riqueza humana.”
Foi em 2013 que, seguindo este lema, a Goma Gringa foi idealizada e criada por Frederic Thiphagne e Matthieu Hebrard - dois franceses radicados no Brasil.


[O SELO]
Os gostos musicais em comum, as conexões com selos internacionais de um e as ligações com músicos paulistas do outro definiram as linhas editoriais do selo; a música africana dos anos 70 e a cena musical independente contemporânea brasileira.

O relançamento de Sorrow, Tears and Blooddo genial e engajado Fela Anikulapo Kuti foi a estreia. Vale apontar que foi a primeira vez que uma obra do Fela foi lançada em vinil no Brasil…
Logo na sequencia, uma coletânea do gigante Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou (Benin) - em parceria com o selo alemão aclamado pela crítica Analog Africa - deixou claras as intenções do selo, difundir as músicas e outros ritmos africanos no Brasil, irmã caçula da Africa.

Consolidou-se, no entanto, a cena contemporânea, essencialmente paulista, não só pela alta relevância cultural e societal mas também pela grande propriedade musical e produção prolífica. Agregou para o selo, desde 2014, uma serie de lançamentos destes artistas, hoje considerados tanto pela critica quanto pelo público como alguns dos mais importantes na música brasileira dos anos 2010.
A Goma Gringa se orgulha de ter no seu catálogo discos como Encarnado de Juçara Marçal, metaL metaL (2012) e MM3 (2016) do trio Metá Metá, Conversas com Toshiro de Rodrigo Campos (2015), Malagueta, Perus e Bacanaço (2013) e R.A.N. (2015) de Thiago França, Cambaco de Vicente Barreto (2016) ou mais recentement o disco de estreia do trio instrumental Onça Combo.


[O VINIL]
Somos um selo 100% vinil, ou seja, não trabalhamos com outros formatos.
Acreditamos na importância patrimonial do vinil por ser o formato mais perene, permitindo à obra do artista prensada em vinil o traço histórico, permanecer de geração para geração.
Quem hoje ainda tem equipamento para escutar cilindros Edison, cartucho 8-tracks ou MiniDisc? Quem amanhã conseguirá reproduzir a música contida num CD ou num PenDrive?
Assim somente o disco de vinil, objeto gráfico musical, aproprie-se do valor de patrimônio cultural mundial.
Visto também, o processo mecânico de reprodução do som de um disco de vinil garante a ele jamais se tornar obsoleto.


[AS CAPAS]
A vontade de ter um produto diferenciado e de alta qualidade transformou a produção gráfica da Goma Gringa uma assinatura do selo!
As capas dos nossos discos se tornaram este espaço criativo de encontro onde música e imagem trocam características das artes; equilíbrio, ritmo, composição, construção, contraste e produção.
Os meios de produção de peças impressas são vastos e diversos e pretendemos explorar este universo do ponta a ponta. Assim já foram utilizadas técnicas e meios como serigrafia, tipografia, clichê de retícula, linotipo, cores sólidas, empastamentos, cortes especiais e papeis especiais! Um solo fértil e promissor, uma fonte inesgotável para experimentações e resgates de significados.


[GARIMPO]
Criada no final de 2016, a seção Garimpo é a nossa loja online. Ali se encontram para a venda os nossos títulos mas também lançamentos de outros selos brasileiros contemporâneos, discos de segunda mão de todos estilos e proveniências e discos novos importados do mundo afora, todos selecionados de acordo com critérios rigorosos de relevância musical.


[POP UP]
Criado juntamente com a seção Garimpo, as Pop Up são vendas especiais e exclusivas que seguem um conceito simples:
- um vendedor convidado,
- uma seleção diferenciada de discos,
- uma semana de venda.


[VINIL BRASIL]
Foi uma grande felicidade, no início de 2015, de aprender que São Paulo iria ganhar uma fábrica de vinil! Maior ainda foi o prazer quando soubemos que iria ser uma fábrica de amantes da música feita para amantes da música, prometendo assim uma melhoria significativa na qualidade de produção de discos de vinil no Brasil.
Mas a cereja no bolo foi quando o Michel Nath - diretor da Vinil Brasil - nos convidou para ser responsáveis pelas peças impressas a serem produzidas nos pedidos dos clientes! Oportunidade única de poder compartilhar e disponibilizar para todos o nosso conhecimento e competências.
Conheça a Vinil Brasil.


[HORIZONTE]
Diversificadas são as vontades e os propósitos da Goma Gringa
Entre eles, fazer do nosso melhor para desenvolver a oferta em nossa loja Garimpo e a frequência de lançamento de títulos pelo selo. Sempre procurar melhorar o nosso serviço e atendimento para vocês. Conseguir alimentar a sua curiosidade e seguir apoiando a cultura e suas iniciativas.

Nos acompanhe!

Newsletter