0

Seu carrinho está vazio

Isle Of Jura

AMBIENT WARRIOR "II" (LP, 180gr, importado, novo, lacrado)

ou até 12x de r$ 22,11


↳ Dub Fusão no segundo álbum inédito do Ambient Warrior. Pedrada!

Estado: NOVO
Formato: LP
Ano de prensagem: 2023
País de prensagem: Australia
Condição Capa/Disco: S / S (?)


 

  • Após o sucesso da reedição de 2021 do clássico cult do Ambient Warrior, Dub Journey's (1995), a Isle of Jura tem o prazer de apresentar seu - até então inédito - segundo álbum; II. O álbum foi gravado de 1995 a 1999 e nasce da mesma fusão à beira-mar de dub instrumental, reggae, bossa nova e tango que tornou Dub Journey’s tão distinto e memorável; II é uma conjunto igualmente sublime de onze faixas inéditas pelas mentes brilhantes de Ronnie Lion e Andrea Terrano.

    Evocando as delícias das areias brancas, das palmeiras e do pôr do sol, tudo frente a águas cristalinas e céus azuis infinitos, Dub Journey’s e II documentam o momento dourado quando Ambient Warrior se uniu em meados dos anos 90 para criar alguns dos Dub mais Balearic já feitos. “A música é o maior viajante, não é?” diz Ronnie. “Chega a lugares que os artistas reais nem conseguem chegar.”

    Filho de um trompetista de jazz jamaicano órfão e boxeador profissional que se alistou no exército depois de embarcar clandestinamente em um barco para Londres, Ronnie cresceu entre a Alemanha, Cingapura e o Reino Unido antes de se tornar um músico profissional na adolescência. Baixista de profissão, ele aprimorou suas habilidades tocando em uma série de bandas de soul, jazz-funk, blues, rock e reggae que se apresentaram em todo o Reino Unido.

    Na época em que Ambient Warrior lançou Dub Journey's, Ronnie e seu parceiro de negócios Ras Joseph dirigiam o estúdio de gravação e gravadora Lion Inc. em Brixton, Londres. Tendo estabelecido acordos de distribuição com Roots Records (Reino Unido) e Semaphore (DEU/NL), eles gravaram e lançaram uma série de singles, compilações e álbuns solo de artistas de reggae de raiz, incluindo Twinkle Brothers, Delroy Washington, Michael Prophet , Alton Ellis, Little Roy e a própria banda de Ronnie, The Amharic. “Lion era um ponto de parada regular para artistas jamaicanos visitantes”, reflete Ronnie. “Quando você estava em Londres, Lion estava na rota.”

    Um talentoso guitarrista, produtor e engenheiro de gravação de Trieste, Itália, Andrea cresceu ouvindo folk russo, Klezmer e a tradição da harmonia italiana em uma família siciliano-ucraniana. Depois de completar o serviço militar obrigatório italiano, mudou-se para Londres para continuar a estudar música. Uma noite, ele apareceu na Lion Inc. e os abordou sobre a realização de aulas de engenharia de áudio no estúdio.

    Em Andrea, Ronnie encontrou um colaborador que compartilhava seu desejo de criar música sem fronteiras que refletisse a diversidade de suas origens. “Eu queria fazer algo que não tivesse limites”, explica Ronnie. “Se você está trabalhando em um álbum de reggae roots, precisa soar de uma certa maneira, mas com Ambient, especialmente nos anos 90, foi apenas uma licença para relaxar. Você poderia fazer o que quisesse.” “Era um caldeirão de influências, igual a própria Londres”, acrescenta Andrea.

    Embora eles tenham escrito a maior parte de II ao mesmo tempo em que gravavam Dub Journey's, levaram vários anos para terminar o álbum. “As coisas nunca eram feitas rapidamente”, lembra Ronnie. Quando foi concluído, a Roots Records havia falido, deixando a Lion Inc. sem distribuição no Reino Unido. Não muito depois, seu estúdio em Brixton inundou, encerrando o selo.

    Atualmente, Andrea continua trabalhando como guitarrista, engenheiro de gravação e produtor em Londres. Nas últimas duas décadas, ele colaborou regularmente com Basement Jaxx e lançou vários álbuns solo. Ronnie, por outro lado, mora em um barco equipado com estúdio a bordo, onde gravou uma série de álbuns de dub oceânico na costa britânica. Vinte e oito anos após o lançamento de Dub Journey’s, ele recentemente começou a trabalhar em demos para um terceiro álbum do Ambient Warrior que espera gravar com Andrea em um futuro não tão distante.

    Prensado em lp de 180 gramas com capa de Bradley Pinkerton.
  • Utilizamos uma classificação baseada nos padrões internacionais Goldmine e Record Collector Grading Systems. É o código universal para descrever precisamente a condição de um disco.

    S • Sealed / Lacrado
    O disco e a capa estão novos e ainda lacrados.

    N • New / Novo
    O disco e a capa estão novos, nunca tocados, porém não lacrados.

    M • Mint / Estado de novo
    O disco está em estado novo, absolutamente perfeito.
    Capa e documentos adicionais como encarte, folheto ou cartaz estão em perfeitas condições.

    NM • Near Mint / Quase Novo
    Descreve um disco quase novo, esta graduação é utilizada para discos que aparecem praticamente impecável, mas não perfeito. Uma marca superficial muito pequena pode aparecer no disco. No entanto, o disco deve tocar sem qualquer ruído sobre o defeito, a qual deve ser muito difícil de detectar.
    A capa fica perto de perfeita, nova, com apenas mínimos sinais de desgaste. Marcas menores na capa (devido à borda externa do disco que ficou dentro) ficam aceitável, porém a arte da capa deve ser tão perto da perfeição quanto possível.

    EX • Excellent / Excelente
    O disco mostra alguns sinais de ter sido tocado, mas há muito pouca atenuação na qualidade do som.
    A capa e a embalagem pode ter um ligeiro desgaste mas um excelente aspecto geral.

    VG+ • Very Good Plus / Muito Bom Plus
    A condição mais comum para os discos. O disco foi tocado algumas vezes, mas não exibe grande deterioração na qualidade do som, sem desgaste, apesar de leves e ocasionais marcas superficiais.
    A capa tem alguma imperfeição de manipulação como uso e desgaste normal, etiqueta de preço, marcas leve de vinco, … A capa também pode ser em perfeita condição, porem com um selo de DJ ou de cópia promocional, ou com um corte no canto.

    VG • Very Good / Muito Bom
    Capa que sofreu de dobrar, deformação de lombada, descoloração... Agora os sinais da idade e manuseio estão começando a aparecer. Você pode notar algum desgaste na superfície, há algum ruído e estalos. O disco pode ficar levemente empenado. Na dúvida, caso não tem uma descrição clara da condição no qual se encontra o disco, pode ser bom perguntar mais detalhes ao vendedor.

    VG- • Very Good Minus / Muito Bom Menos
    Os sinais da idade e manuseio estão muito presente. O disco apresenta desgaste na superfície, fica arranhado e toca com ruídos e estalos. O disco pode ficar levemente empenado e pode pular. Na dúvida, caso não tem uma descrição clara da condição no qual se encontra o disco, pode ser bom perguntar mais detalhes ao vendedor.
    Capa com muita marcas de idade e manuseio, deformação de lombada, descoloração...

    G • Good / Bom
    O disco foi tocado tanto que a qualidade do som foi visivelmente deteriorado, ruídos permanente, distorção e arranhões. Pode pular em vários momentos. A capa e os conteúdos podem ser rasgado, manchado e/ou apagado, também pode haver alguma escrita nela.

    B • Bad / Ruim
    O disco não toca corretamente devido a arranhões, ruídos ruims, pulos, etc ... A menos que seja algo muito raro não vale a pena escutar um disco nesta condição.
    A capa e os conteúdos são bastante danificados ou parcialmente ausentes.

    NA • Not Applicable / Não Aplicável
    Não tem disco, esta faltando.
    Não tem capa e/ou o disco se encontra numa capa branca, sem informação nenhuma.