To our customers abroad Brazil, please note that you can set the site in English and in your own currency. Check the menu below.

0

Seu carrinho está vazio

Três Selos

MARIA BERALDO 'CAVALA' - TS-005 (Lp, novo, lacrado)

ou

ASSINAR A COLEÇÃO 'TRÊS SELOS'


É com enorme satisfação que anunciamos o LP Cavala - Maria Beraldo, como o quinto volume da coleção 'Três Selos' !

CAVALA chega a galope: urgente, passional e ativista, é o primeiro disco solo de Maria Beraldo (selo RISCO). Traz o grito de liberdade de uma mulher lésbica, o passo de uma clarinetista que se transforma em compositora e o gesto de uma artista que emerge no Brasil do ano de 2018.

Do alto de seus 30 anos, Maria compõe a cena da música brasileira como clarinetista e cantora da banda de Arrigo Barnabé e como integrante da Quartabê. Imersa neste universo da música paulistana, muito provocada pelas estranhezas da arte de Barnabé, e também trocando musicalidades – gravando discos, fazendo shows – com Negro Leo, Iara Rennó, Rodrigo Campos, Laura Diaz, Dante Ozzetti, Rômulo Fróes e outros amigos, Maria se descobre autora e já em sua primeira leva de composições mostra forte identidade, apontando para estruturas concisas, poucos elementos, curtas durações.

CAVALA derrama em 10 faixas uma autobiografia da compositora que pontua o momento em que ela conta aos pais que é lésbica, o nascimento de sua sobrinha, seus relacionamentos amorosos – com o single lançado em outubro de 2017 que dá nome ao disco – e "Maria", canção em que a compositora conta a sua história a partir da vida e morte das mulheres de sua família.
A autobiografia de Beraldo encontra o passo da resistência política; para manter sua vontade, sua palavra, seu corpo, inteiros. É um grau de doação à luta muito intenso, ser uma mulher lésbica autônoma e assumida em seus desejos e imagem; atravessa as dores e prazeres da descoberta, exige que se mate muitas construções do que se foi dado como identidade, e nesse funeral são arrastados afetos e partes fundamentais do que se foi e portanto do que se é; e coloca mais uma vez na vida - como se não bastasse a primeira – a violenta, esquecida e doce pulsão de nascer.

O trabalho leva a produção musical de Tó Brandileone e Maria Beraldo, que juntos encontraram os espaços vazios da CAVALA, os timbres endurecidos e tesos dos clarinetes, clarones, beats, sintetizadores, as guitarras secas e as vozes molhadas que compõem o álbum. Foi inteiro feito a dois, tendo sido tocado somente por Maria e Tó, exceto pelas ilustres companhias de Tim Bernardes (guitarra) em "Tenso", Mariá Portugal (bateria) em "Amor Verdade" e co-produção em "Gatas Sapatas" e Sérgio Abdalla (guitarra) em "Rainha" e pré-produção em "Tenso".

Em meio a 9 músicas da compositora ela interpreta "Eu Te Amo", de Chico Buarque, em um arranjo – de guitarra, voz e uma chuva de reverbs e delays entrando e saindo repentinamente – para esta canção que na boca de Maria se torna de amor lésbico.

A identidade visual do projeto assinada por Alexandre Lindenberg (Estúdio Margem) foi construída a partir de colagens e rasgos, e carrega para os olhos os sentidos políticos de ruptura, violência, doçura, intimidade, repressão, prazer, e leveza que atravessam todas as estruturas micro e macro do disco, passando pelas letras, músicas e sonoridades de CAVALA.

O álbum foi mixado por Ricardo Mosca, masterizado por Carlos Freitas e o single “Tenso” tem clipe com direção de Laura Diaz.

CAVALA experimenta sonoridades do pop, da música eletrônica e da música de ruído, buscando o conforto que há em se arriscar, procurar, mover-se, desestabilizar e apontar.

Agora, o disco recebe sua edição em vinil, e entra para o catálogo da coleção 'Três Selos'.

Garanta já sua cópia assinando à coleção!

São no total 12 lançamento em vinil durante 2019 - edições limitadas de 500 cópias - com curadoria de Assustado Discos, EAEO Records e Goma Gringa.

Para assinar, acesse tresselos.com, o valor é r$80,00 por mês.

Newsletter

CONTATO