Mr Bongo

ARTHUR VEROCAI - 1972 (LP, Re, importado, novo, lacrado)


“Eu poderia ouvir este álbum todos os dias pelo resto da minha vida” Madlib

Estado: NOVO
Formato: LP
Ano de prensagem: 2021
País de prensagem: Reino Unido
Condição Capa/Disco: S / S (?)

AVISE-ME QUANDO DISPONÍVEL:


  • Reedição definitiva da Mr Bongo com master realizada a partir das fitas originais da Continental, transferidas sob supervisão de Arthur Verocai. Replica da arte original em capa gatefold.

    - - - -

    Em 1972, o produtor, arranjador e guitarrista Arthur Verocai lançou um álbum auto-intitulado pela Continental Records que desafiava as convenções musicais da época. Uma obra-prima completa em todos os sentidos da palavra, considerado por muitos como um dos maiores já feitos, independentemente do gênero.

    Gravado no Studio Somil (Rio de Janeiro) em 1972, o disco foi produzido, arranjado, dirigido pelo autodidata Arthur Verocai. Anteriormente, ele havia trabalhado em muitos discos em várias capacidades, com artistas como Jorge Ben, Ivan Lins e Celia, mas este álbum deu a ele a chance de fazer suas coisas em sua forma mais pura.

    A obra-prima de 29 minutos, perfeita em seu arranjo e fusão de sônicos, resume o som do Brasil na época; cordas, guitarras, pianos, break beats, linhas de baixo, sintetizadores, vocais da maravilhosa Célia, Carlos Safe e Oberdan (Banda Black Rio), além de percussão de Pedro Santos e Paulo Moura no sax. Bossa nova, samba, jazz, MPB, psicodélicos e funk convivem sem esforço.

    O álbum transcende o gênero da música brasileira, e de fato todos os gêneros. Destacado em parte pelo número de artistas que o samplearam; MF Doom, Ludacris & Common, Little Brother, Jneiro Jarel aka Dr Who Dat?, Dibiase e Action Bronson entre outros.

    A prensagem continental original do álbum agora vale cerca de US$3.000. A reedição definitiva de Mr Bongo é uma réplica exata do LP original gatefold e a master original foi retirada das fitas da Continental, remasterizado em 2012 sob a supervisão de Arthur.

    Um disco essencial em qualquer coleção!


  • Utilizamos uma classificação baseada nos padrões internacionais Goldmine e Record Collector Grading Systems. É o código universal para descrever precisamente a condição de um disco.

    S • Sealed / Lacrado
    O disco e a capa estão novos e ainda lacrados.

    N • New / Novo
    O disco e a capa estão novos, nunca tocados, porém não lacrados.

    M • Mint / Estado de novo
    O disco está em estado novo, absolutamente perfeito.
    Capa e documentos adicionais como encarte, folheto ou cartaz estão em perfeitas condições.

    NM • Near Mint / Quase Novo
    Descreve um disco quase novo, esta graduação é utilizada para discos que aparecem praticamente impecável, mas não perfeito. Uma marca superficial muito pequena pode aparecer no disco. No entanto, o disco deve tocar sem qualquer ruído sobre o defeito, a qual deve ser muito difícil de detectar.
    A capa fica perto de perfeita, nova, com apenas mínimos sinais de desgaste. Marcas menores na capa (devido à borda externa do disco que ficou dentro) ficam aceitável, porém a arte da capa deve ser tão perto da perfeição quanto possível.

    EX • Excellent / Excelente
    O disco mostra alguns sinais de ter sido tocado, mas há muito pouca atenuação na qualidade do som.
    A capa e a embalagem pode ter um ligeiro desgaste mas um excelente aspecto geral.

    VG+ • Very Good Plus / Muito Bom Plus
    A condição mais comum para os discos. O disco foi tocado algumas vezes, mas não exibe grande deterioração na qualidade do som, sem desgaste, apesar de leves e ocasionais marcas superficiais.
    A capa tem alguma imperfeição de manipulação como uso e desgaste normal, etiqueta de preço, marcas leve de vinco, … A capa também pode ser em perfeita condição, porem com um selo de DJ ou de cópia promocional, ou com um corte no canto.

    VG • Very Good / Muito Bom
    Capa que sofreu de dobrar, deformação de lombada, descoloração... Agora os sinais da idade e manuseio estão começando a aparecer. Você pode notar algum desgaste na superfície, há algum ruído e estalos. O disco pode ficar levemente empenado. Na dúvida, caso não tem uma descrição clara da condição no qual se encontra o disco, pode ser bom perguntar mais detalhes ao vendedor.

    VG- • Very Good Minus / Muito Bom Menos
    Os sinais da idade e manuseio estão muito presente. O disco apresenta desgaste na superfície, fica arranhado e toca com ruídos e estalos. O disco pode ficar levemente empenado e pode pular. Na dúvida, caso não tem uma descrição clara da condição no qual se encontra o disco, pode ser bom perguntar mais detalhes ao vendedor.
    Capa com muita marcas de idade e manuseio, deformação de lombada, descoloração...

    G • Good / Bom
    O disco foi tocado tanto que a qualidade do som foi visivelmente deteriorado, ruídos permanente, distorção e arranhões. Pode pular em vários momentos. A capa e os conteúdos podem ser rasgado, manchado e/ou apagado, também pode haver alguma escrita nela.

    B • Bad / Ruim
    O disco não toca corretamente devido a arranhões, ruídos ruims, pulos, etc ... A menos que seja algo muito raro não vale a pena escutar um disco nesta condição.
    A capa e os conteúdos são bastante danificados ou parcialmente ausentes.

    NA • Not Applicable / Não Aplicável
    Não tem disco, esta faltando.
    Não tem capa e/ou o disco se encontra numa capa branca, sem informação nenhuma.