Rocinante

LETIERES LEITE & ORKESTRA RUMPILEZZ "MOACIR DE TODOS OS SANTOS" (LP, colorido, novo, lacrado)

AVISE-ME QUANDO DISPONÍVEL:

↳ Orkestra Rumpilezz reinventa joias de Moacir Santos e faz história

Estado: NOVO
Formato: LP
Ano de prensagem: 2022
País de prensagem: Brasil
Condição Capa/Disco: S / S (?)

O álbum “Coisas” (1965), do maestro pernambucano Moacir Santos, está entre os mais cultuados e influentes de todos os tempos da música brasileira com sua inspirada fusão de ritmos brasileiros com a linguagem sinfônica e a influência do jazz. Um pouco mais de 40 anos depois, em 2009, o maestro baiano Letieres Leite lançou o disco de estreia da sua Orkestra Rumpilezz – em que apresenta uma série de composições baseadas nos ritmos de candomblé e em arranjos jazzistas, com uma banda formada exclusivamente por instrumentistas de sopros e percussão.

A influência de Moacir sempre foi evidente no trabalho da Rumpilezz e o recém-lançado “Moacir de Todos os Santos” promove um potente encontro entre estas duas linguagens desenvolvidas pelos dois maestro e gênios nordestinos. No trabalho, Letieres rearranja sete das dez composições de “Coisas” é o resultado é absurdamente inspirado. O trombonista Raul de Souza participa de “Coisa Nº 4” com um solo de tirar o fôlego e Caetano Veloso empresta a voz para “Coisa Nº5” (também conhecida como “Nanã”), na única faixa cantada do disco.

Este é o terceiro álbum lançado pela Rumpilezz e não só torna evidente as afinidades entre os legados de Letieres e Moacir como se conecta também com a proposta ancestral da Orquestra Afro-Brasileira do mineiro Abigail Moura e a concepção contemporânea da Orquestra Afrosinfônica do baiano Ubiratan Marques. A fusão entre ritmos de terreiro e as harmonias sinfônicas resgata o passado, reverbera no presente e aponta para um afro-futuro promissor da música brasileira. Saravá!